Médicos e estudantes fazem passeata em Sorocaba

Cerca de 80 médicos e estudantes de medicina faziam uma passeata pelas ruas centrais de Sorocaba, no final da tarde desta quarta-feira (31), em protesto contra o programa federal Mais Médicos, que prevê a contratação de profissionais estrangeiros. O grupo levava cartazes com palavras de ordem contra a presidente Dilma Rousseff. O protesto foi convocado pelas redes sociais.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 19h21

Os manifestantes se concentraram na Praça Cel. Fernando Prestes e saíram em marcha pelas ruas do centro. No Largo do Rosário, eles fizeram um minuto de silêncio pela saúde no país. De acordo com a Guarda Civil Municipal, às 18 horas, o protesto continuava pacífico, causando apenas lentidão no trânsito. O atendimento nos hospitais e unidades médicas na cidade não sofreu interrupção.

Mais conteúdo sobre:
protestosmédicossorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.