Médicos separam gêmeas que tinham um único rim

Médicos completaram, com sucesso, 26 horas de cirurgia num par de gêmeas de 4 anos, que agora enfrentarão novos desafios médicos como indivíduos separados. A cirurgia de Kendra Herrin terminou uma hora depois da da irmã, Maliyah. As meninas foram removidas para uma UTI pediátrica.Elas haviam nascido fundidas pelo abdome, e compartilhavam o fígado, a pélvis, o par de pernas, o rim e parte do intestino. Os cirurgiões do Primary Children´s Medical Center deram uma perna a cada menina, dividiram o fígado e os intestinos entre elas e reconstruíram as bexigas e pélvis. Kendra ficou com o único rim, e Maliyah terá de fazer diálise até receber um transplante, dentro de três a seis meses.Acredita-se que a separação das meninas Herrin seja a primeira de gêmeos unidos que tinham um único rim para ambos.

Agencia Estado,

08 de agosto de 2006 | 16h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.