Medo de bug leva à antecipação de vôo de ônibus espacial

O ônibus espacial Discovery foi levado para a plataforma de lançamento, em preparação para o vôo previsto para dezembro. A Nasa estuda antecipar a decolagem em uma semana, para evitar problemas de computador, que poderiam ocorrer na virada do ano. A agência espacial já estuda realizar o lançamento logo em 6 de dezembro. Durante a missão de 12 dias, os astronautas vão reorganizar a instalação elétrica da Estação Espacial Internacional (ISS), e deixar a bordo um novo tripulante.A Nasa quer o Discovery de volta à Terra antes de 31 de dezembro, por conta de temores de que os computadores da nave não são capazes de fazer a transição para o ano novo durante o vôo. "Nunca tivemos os computadores (de bordo) ligados na transição de um ano para o outro", disse o astronauta Joan Higginbotham. "Não sabemos como eles vão operar".O ônibus espacial, de 90 toneladas, começou sua viagem de seis quilômetros, entre o hangar e a plataforma, às 12h30 da madrugada, completando-a 7h30min depois.Mesmo se a tripulação do Discovery ainda estiver no espaço para o revéillon, um procedimento poderá ser criado para a transição de datas, disse o vice-presidente da Boeing Co., Steve Oswald. A Boeing atualmente controla as empresas envolvidas na criação, décadas atrás, dos ônibus espaciais.Se o Discovery decolar em dezembro, esta será a terceira viagem de um ônibus espacial neste ano, e a quarta desde o desastre do Columbia, em 2003. Este também será o primeiro lançamento noturno em quatro anos: depois do Columbia, a Nasa passou a exigir que os ônibus espaciais decolassem apenas durante o dia, para garantir que houvesse boas fotografias da parte externa da nave.Agora, a Nasa acredita que a luz da chama dos foguetes do ônibus espacial bastará para as fotos noturnas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.