Membro de equipe médica sob quarentena testa negativo para Ebola em Nova Jersey

Um membro de equipes médicas colocado em quarentena em Nova Jersey após ter tratado de vítimas do Ebola no oeste da África teve teste negativo para o vírus, afirmou neste sábado o departamento de saúde do Estado.

REUTERS

25 de outubro de 2014 | 10h21

A pessoa, que não foi identificada, foi a primeira a ser colocada em quarentena devido a uma nova política anunciada na sexta-feira, tornando o procedimento obrigatório para qualquer pessoa que chegar à região de Nova York após ter trabalhado com pacientes de Ebola em três países africanos.

A pessoa continua sob uma quarentena obrigatória de 21 dias, afirmou o departamento em comunicado.

(Reportagem de Jonathan Allen)

Mais conteúdo sobre:
MUNDOEBOLAMEDICONEGATIVO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.