Menina de 6 anos morre em ataque a bar de Salvador

Uma menina de 6 anos morreu e outras cinco pessoas, entre elas uma adolescente de 14 anos, ficaram feridas num ataque feito por homens armados a um bar do bairro de Pernambués, em Salvador, na noite deste domingo, 6. De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os atiradores tinham como alvo um homem identificado como Emerson Carlos Souza, de 30 anos, e o atentado estaria relacionado com o tráfico de drogas. Souza foi atingido por dois tiros, mas passou por uma cirurgia no Hospital-Geral do Estado (HGE) e não corre risco de morrer.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

07 Outubro 2013 | 16h41

O ataque aconteceu pouco depois das 19 horas, quando um grupo comemorava um aniversário no bar. Ele e alguns amigos estavam em volta de um carro, estacionado nas proximidades. Ao perceber que seria atacado, porém, Souza correu para o bar e os atiradores o seguiram, disparando. Franciele Santos, de 6 anos, brincava com amigos do lado de fora do bar quando foi atingida por um tiro no tórax.

Morreu antes de chegar ao hospital. Franciele era sobrinha da dançarina transexual Leo Kret, ex-vereadora da capital da Bahia, e neta do proprietário do botequim. Outra sobrinha de Leo Kret, de 14 anos, ficou ferida, atingida por um tiro na perna, mas foi medicada e recebeu alta do HGE. Dos outros três alvejados, homens de entre 25 e 39 anos, dois seguem internados na unidade, mas não correm risco de morte. Segundo o DHPP, os autores do atentado foram identificados e são procurados pela polícia.

Mais conteúdo sobre:
menina morte Salvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.