Menina morre de gripe aviária na Indonésia

Uma garota de três anos que morreu perto da capital indonésia estava infectada pelo vírus H5N1 da gripe aviária, um representante do Ministério da Saúde disse nesta quinta-feira, citando testes locais.Nyoman Kandun disse que a última vítima, identificada apenas como A.A.,morreu na vila Cisauk a sudoeste de Jacarta."Testes locais mostraram que ela estava infectada pelo H5N1", disse Kandun, acrescentando que a garota teve contato direto com aves.A força-tarefa especial do ministério para a gripe aviária disse acreditar que a garota morreu em um hospital de Jacarta no começo desta quinta.Se confirmada pela Organização Mundial de Saúde, a morte será a 42ª na Indonésia - o maior índice do mundo. Também houve 42 vítimas fatais no Vietnã, que não registrou nenhum caso da doença neste ano, devido à uma agressiva política de sacrifício de aves.A OMS, porém, lista 39 óbitos na Indonésia. A agência das Nações Unidas geralmente levar alguns dias para atualizar seus dados.O ministro da Saúde Siti Fadila Supari alertou que a Indonésia vai continuar a ter pacientes de gripe aviária, porque o vírus infectou frangos em 27 das 33 províncias do país.A Indonésia vem sido criticada por não sacrificar aves rotineiramente nas áreas infectadas, para evitar a difusão da doença. Mas o governo diz que não possui dinheiro suficiente para compensar os fazendeiros.A gripe aviária matou pelo menos 130 pessoas ao redor do mundo desde que começou a atacar as fazendas de criação de aves asiáticas no final de 2003, de acordo com a OMS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.