Meningite deve gerar barreira sanitária em MG

Apesar do risco de surto de meningite C em Ouro Branco (MG), a Secretaria de Estado da Saúde ainda não tem o resultado dos exames de 17 trabalhadores internados com sintomas. Um operário terceirizado que trabalhava em uma obra de expansão da usina da Gerdau Açominas na cidade morreu de meningite C na sexta-feira e um colega dele também teve a doença confirmada. Os exames são realizados pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), ligada à secretaria.

BELO HORIZONTE , O Estado de S.Paulo

20 Outubro 2011 | 03h02

Em agosto, duas pessoas morreram da doença em Ouro Branco. O secretário municipal de Saúde, Heraldo Belini, disse que os 1,2 mil operários que dividiam os alojamentos com o trabalhador que morreu receberam antibióticos. Mesmo assim, cidades vizinhas como Barbacena e Conselheiro Lafaiete estudam criar uma barreira sanitária. Uma das medidas em estudo é a avaliação de trabalhadores recrutados fora da região antes de assumirem os postos. / MARCELO PORTELA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.