Menino de 4 anos se recupera de transplante de coração

Rodrigo de Melo Marques, de 4 anos, submetido a um transplante de coração em 12 de dezembro de 2007, deve receber alta na tarde de hoje. Desde maio do ano passado, Rodrigo aguardava em estado crítico na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor-GCFMUSP), em São Paulo, por um novo coração, que era sua única possibilidade de continuar a viver. Após nove meses de internação na UTI esperando pelo novo órgão, e mais dois meses de recuperação após o transplante, Rodrigo está totalmente recuperado e deverá continuar o tratamento em casa, com todos os cuidados que um transplantado deve ter, informou a assessoria do Incor.De acordo com a cardiologista da equipe de transplante infantil do Instituto, Estela Azeka, Rodrigo terá que ter uma vida regrada, o que, porém, não o impedirá de crescer normalmente, com uma rotina bem próxima à de uma criança comum. A doença que ocasionou a internação de Rodrigo foi uma cardiomiopatia restritiva de causa não definida, detectada aos três anos de idade da criança. A deficiência leva à fibrose progressiva do músculo cardíaco, causando insuficiência do coração, e determina que não ocorra o adequado bombeamento de sangue para outros órgãos, que progressivamente entram em falência. Segundo a assessoria do Incor, as equipes clínica e cirúrgica do instituto têm capacidade para a realização de, no mínimo, 12 transplantes em crianças e adolescentes por ano. Atualmente existem dois pacientes na fila de espera, ambos com apenas dois anos de idade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.