Menino é guarda de trânsito na Líbia

ONG usa crianças voluntárias para organizar ruas de Benghazi.

BBC Brasil, BBC

14 de abril de 2011 | 07h51

Aos 14 anos, Islam Mohammed Abdulsalam pode ser considerado um guarda de trânsito experiente - ele começou a trabalhar nas ruas de Benghazi, na Líbia, aos 6 anos de idade.

Abdulsalam é um dos voluntários da organização não-governamental Amigos da Polícia de Trânsito, criada para reduzir o número de acidentes de trânsito na cidade.

"Antes da revolta na Líbia, havia mais acidentes. Agora as pessoas estão mais tolerantes e até oferecem indenizações no caso de batidas", diz o jovem.

Antes do levante, os guardas mirins também aplicavam multas e apesar da idade, segundo Abdulsalam, os motoristas o tratam como adulto e não reclamam.

O menino trabalha todos os dias das 16h às 21h, normalmente depois da escola, mas por causa da revolta, as aulas foram suspensas.

Para ele, a resposta à tradicional pergunta sobre o que ele vai ser quando crescer vem naturalmente: guarda de trânsito.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.