Menino é morto em festa para celebrar eleição em MG

A comemoração de um grupo de pessoas num churrasco no centro de Ibiraci (MG), na divisa com o Estado de São Paulo, pela reeleição do prefeito Ismael Silva (PT) acabou em tragédia na noite de ontem. Cinco pessoas foram baleadas. Quatro não correm risco de morte, mas o menino Murilo Norinho Peixoto, de 12 anos, atingido na cabeça e socorrido à Santa Casa de Franca (SP), morreu. O autor dos disparos foi o lavrador Juliano Teixeira Francisco, de 20 anos, que pegou a arma que estava no carro após uma discussão. A Polícia Militar foi acionada e prendeu o autor dos disparos, evitando que ele fosse linchado pela população, que acabou depredando seu carro. Ele foi transferido para a Cadeia de Cássia (MG) por medida de segurança. Alguns móveis da casa de Francisco ainda foram queimados por várias pessoas. O fogo foi controlado pelos bombeiros. Silva, que venceu seu adversário por 260 votos de diferença, não estava envolvido na organização e nem estava presente na comemoração, um ato espontâneo de eleitores.

BRÁS HENRIQUE, Agencia Estado

07 de outubro de 2008 | 15h03

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaIbiracieleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.