Menino morre após comer biscoitos envenenados em PE

Aluno de uma escola no bairro da Muribeca, no município metropolitano de Jaboatão dos Guararapes, um garoto de 12 anos, recebeu, no último dia 7, no recreio, um pacote de biscoito de duas adolescentes, de 13 e 14 anos, que deveria ser entregue a outras duas meninas. O menino comeu os biscoitos e morreu. Os biscoitos estavam envenenados com veneno clandestino para rato, conhecido como chumbinho.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

13 Junho 2011 | 20h20

O fato, considerado "atípico" pela delegada da Gerência de Proteção à Criança e Adolescente (GPCA), Mariana Vilas Boas, está sendo investigado e chocou a comunidade. Como não houve flagrante, as adolescentes estão em casa e aguardam decisão da Justiça. Elas confessaram ter colocado veneno nos biscoitos para se vingarem das duas colegas que deveriam ter recebido o alimento. De acordo com a GPCA, elas poderão cumprir até três anos de medidas socioeducativas.

Mesmo ainda sem o resultado do laudo pericial e de exames do Instituto Médico Legal (IML), exames preliminares confirmaram a presença do veneno nos biscoitos. A delegada afirma que as evidências apontam para homicídio.

O menino ingeriu de três a quatro biscoitos. Em seguida, foi assistir a uma aula, quando começou a se queixar de dores na barriga. Ao chegar em casa, já apresentava um quadro mais grave: pálido, começou a se debater, com os batimentos cardíacos acelerados. Sua mãe o levou ao Hospital Geral de Prazeres, onde ele já chegou sem vida.

Mais conteúdo sobre:
veneno biscoito morte menino PE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.