Menino morre atropelado após salvar irmã em Piracicaba (SP)

O garoto Filipe Jorge Pedreira, de 14 anos, morreu atropelado na tarde deste sábado, 23, mas antes de ser atingido pelo carro conseguiu salvar a irmã. Ele carregava no colo a irmã Maria Eduarda, de 4 anos, em uma rua de Piracicaba, no interior de São Paulo. Ao perceber a aproximação do carro, o adolescente jogou a menina na calçada.

SANDRO VILLAR, Estadão Conteúdo

23 Maio 2015 | 21h53

Ela quebrou um braço, mas sobreviveu. Arrastado por cerca de dez metros, Filipe não resistiu. Os irmãos foram socorridos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A menina foi atendida em um pronto-socorro.

Logo depois ela deu entrada no Hospital dos Fornecedores de Cana, para onde o irmão também foi levado. "A menina continua internada, mas o irmão não resistiu aos ferimentos", resumiu uma assistente social do hospital. Ela pediu anonimato.

O carro era dirigido em alta velocidade por um menor. Ele fugiu a pé e, até agora, não foi identificado pela polícia. O veículo não era furtado. O dono será ouvido, o que facilitará a identificação do responsável pelo acidente. Filipe será enterrado na tarde deste domingo.

Mais conteúdo sobre:
atropelamento piracicaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.