Menor acusado de homicídio no Rodoanel é preso em SP

Crime aconteceu no último dia 14, quando o porteiro reagiu a uma tentativa de assalto na rodovia

PAULO R. ZULINO, estadao.com.br

19 Fevereiro 2008 | 09h40

A polícia deteve na noite de segunda-feira, 18, em Osasco, Grande São Paulo, um menor que confessou ter matado um porteiro no Rodoanel Mário Covas. De acordo com as primeiras informações fornecidas pela assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Segurança Pública, o adolescente foi apreendido com uma arma.   O crime aconteceu no último dia 14 de fevereiro. O porteiro Daniel Moreira, de 58 anos, conduzia um Fiat Pálio e parou na altura do quilômetro 24 porque pretendia passar a direção do veículo para sua mulher, a vendedora Neuza Maria da Silva, de 49 anos. Naquele instante, o casal foi rendido por dois rapazes e os dois tiveram de deixar o veículo.O porteiro, então, reagiu e entrou em luta corporal com um dos assaltantes, segundo a Secretaria de Segurança. Daniel Moreira levou um tiro no braço, mas a bala se alojou no coração. Ele chegou a ser atendido no Pronto Socorro Santo Antonio, mas não resistiu. A mulher dele não se feriu. Os acusados chegaram a levar o automóvel, que acabou sendo abandonado nas imediações do crime. O outro suspeito ainda permanece foragido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.