Menor pega carro do pai, bate e mata a namorada

Um adolescente de 17 anos pegou o carro escondido dos pais e se envolveu num acidente, ontem de madrugada, na Rodovia Anchieta, na zona sul de São Paulo. A namorada dele, de 19 anos, que estava no carro, morreu na hora. O acidente aconteceu às 4h. Segundo a polícia, o rapaz era quem dirigia o carro. No encontro da Rodovia Anchieta com a Avenida das Juntas Provisórias, no bairro de Heliópolis, trecho que a velocidade permitida é de 60 km/h, o motorista perdeu o controle do veículo, que invadiu o canteiro central. O carro derrubou uma árvore, parte da cerca de proteção e pelo menos um poste de sinalização. Em seguida, invadiu o sentido contrário e bateu contra o muro de uma empresa. Motoristas que passavam pelo local ligaram para a PM e o Corpo de Bombeiros. Os médicos do resgate do Corpo de Bombeiros tentaram, sem sucesso, reanimar a jovem, que sofreu ferimentos graves na região da cabeça. Ela morreu no local. O rapaz foi levado ao Pronto-Socorro do Hospital de Heliópolis. Ele teve ferimentos leves na cabeça e em um dos braços. Depois de ser medicado, ele foi liberado. Ao deixar o hospital, o rapaz foi encaminhado por policiais militares ao 95º DP, em Heliópolis, onde reencontrou a família. Os pais não sabiam que o adolescente tinha saído com o carro escondido. O acidente foi registrado e o garoto foi liberado. Os pais dele deverão prestar esclarecimentos à Vara da Infância e da Juventude. As informações são do Jornal da Tarde.

AE, Agencia Estado

25 Dezembro 2008 | 09h40

Mais conteúdo sobre:
acidente menor morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.