Menores fazem reféns em unidade da fundação casa

Cerca de 50 menores da Unidade de Guaianazes da Fundação Casa, na zona leste de São Paulo, mantêm cinco funcionários reféns, após o início de uma rebelão no começo da manhã hoje, informou o Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Casa.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

30 de novembro de 2011 | 10h31

De acordo com o sindicato, por volta das 8h30, 48 menores iniciaram a rebelião na unidade e fizeram seis funcionários reféns. Um deles, segundo o sindicato, foi levado ao hospital com suspeita de traumatismo craniano. Ainda não há informação sobre o motivo da rebelião.

Ainda de acordo com o sindicato, os menores quebraram lâmpadas e ameaçam de morte os funcionários mantidos reféns, caso a Polícia Militar, que está no local, invada a unidade. Os bombeiros também foram acionados. A Fundação Casa ainda não tem detalhes sobre a rebelião.

Tudo o que sabemos sobre:
rebeliãomenoresGuaianazes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.