Menores são apreendidos por morte de estudante

Uma dupla de menores que supostamente participou da morte do aluno da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Denis Papa Casagrande, de 21 anos, foi apreendida pela Polícia Civil nesta terça-feira, 22. De acordo com a denúncia, os menores ajudaram o casal Maria Teresa Pelegrino, de 20 anos, e Anderson Mamede, de 21 anos, no assassinato do estudante do 2º ano de mecatrônica, durante uma festa clandestina na Unicamp, em 21 de setembro.

RICARDO BRANDT, Agência Estado

22 Outubro 2013 | 19h24

Maria Teresa e Mamede estão detidos. Ela confessou ter dado uma facada no peito do estudante e alegou legítima defesa, segundo a polícia. Conforme o Ministério Público (MP), os acusados esfaquearam e espancaram a vítima de forma cruel. Eles foram denunciados, junto com um quinto acusado, André Motta, de 22 anos, por homicídio doloso triplamente qualificado (motivo fútil, meio cruel, com recurso que dificultou a defesa).

Os maiores de idade podem ser condenados até 20 anos de prisão. Os dois menores serão encaminhados para a Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Casa) e podem ficar até três anos internados. Um deles tem 15 anos e o outro 18, mas no dia do crime tinha 17.

Mais conteúdo sobre:
Morte Unicamp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.