Menores são condenados por racismo no Paraná

Foi mantida hoje a decisão unânime da condenação de dois menores pela prática de crime de racismo pela Internet no Paraná. R.M.R. se autodenominava "Satan", e A.N.M. adotava a alcunha de "chefia". O crime foi julgado pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná.

CAROLINA SPILLARI, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 21h14

As penas privativas de liberdade, fixada em dois anos de reclusão, foram substituídas por penas restritivas de direito, que na prática significa a prestação de serviços comunitários por oito horas semanais. O pagamento de multa pela prática do crime de racismo foi mantido.

A página "amonia88" era alimentada com artigos, fotos e chats de conteúdo racista. Poucos meses após sua criação, a página já registrava cerca de mil acessos. A página foi desativada pelo provedor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.