Mercadão do Pânico

Marca da trupe ganha loja em shopping

Keila Jimenez, O Estadao de S.Paulo

31 Outubro 2009 | 00h00

Personagens, quadros, frases e até dancinhas dos personagens do Pânico na TV! estão virando produtos. O que nasceu com uma pequena venda de camisetas com a marca da trupe transformou-se em uma grife com potencial para licenciar de tudo, e com lojas em shoppings.

Entre os produtos da marca Pânico estão chinelos, bonés, travesseiros, mochilas e chaveiros. As camisetas trazem estampas da dança do siri, do Amaury Dumbo, sátira de Amaury Jr. , e dos personagens Fredy Mercury e O Impostor. Mas o sucesso mesmo são as camisetas ligadas ao polêmico personagem Zina, mais do que explorado pelo programa, e autor do autêntico "Ronaaldo", que virou bordão nas ruas e estampa de roupa, claro.

A comunidade onde Zina mora, Xurupita, também estampa camisetas da marca, emplacando alguns dos modelos mais vendidos.

Mas nem Zina nem os outros integrantes do Pânico recebem pelo licenciamento de produtos. A marca pertence ao empresário Tutinha, dono da Rádio Jovem Pan, e criador do grupo. Procurado pelo Estado, Tutinha não retornou até o fechamento da coluna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.