Nilton Fukuda/AE-21/05/2009
Nilton Fukuda/AE-21/05/2009

Mercado interno aquecerá setor de aves

Alta da carne bovina fez consumidor migrar para aves e suínos e demanda interna deve se manter aquecida em 2011

Suzana Inhesta, O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2010 | 01h24

O mercado interno será o motor de crescimento do setor de carne de frango em 2011. "Além da valorização do real e da alta dos custos de produção que acabam sendo repassados aos preços nas exportação - provocando perda de competitividade lá fora - o mercado interno está altamente atrativo", disse o presidente da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), Francisco Turra. Segundo ele, os preços internos do produto melhoraram substancialmente, impulsionados pela alta dos preços da carne bovina, que resultou na migração de parte do consumo para aves e suínos.

"Neste ano produzimos 10% mais para atender à demanda interna. O consumo passou de 40 quilos per capita em 2009 para 44 quilos em 2010. Essa tendência continuará em 2011, já que a oferta de boi ainda não estará normalizada", disse. Paralelamente, o mercado externo também deverá continuar aquecido em 2011, na avaliação do executivo, já que os estoques nos países importadores ainda estão reduzidos. A projeção da entidade é de crescimento de 3% a 5% nos embarques ante um incremento de até 6% neste ano.

Em 2011, Turra afirmou que a Ubabef trabalhará na habilitação de mais unidades exportadoras à China. Hoje 24 unidades estão autorizadas a exportar ao país asiático e o objetivo é habilitar mais 41 propriedades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.