Mercado para carne de baleia pode ser solução

Um artigo da revista Nature propõe a criação de um mercado oficial para o comércio de baleias. Para os autores, essa é a única forma de se chegar a um acordo entre baleeiros e ambientalistas. O mercado estabeleceria cotas para cada caçador. Ele seria reembolsado para cada baleia de sua cota que não matasse. Os cientistas estimam que uma campanha para salvar 350 baleias-de-minke na Antártida custou dezenas de milhões de dólares. Com o mercado em funcionamento, bastariam US$ 4 milhões.

O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.