Mesmo com a dengue, Rio terá vacinação contra gripe

Efeitos colaterais da vacina podem ser confundidos com sintomas da doença, dizem especialistas

FABIANA CIMIERI, Agencia Estado

22 de abril de 2008 | 17h58

O Ministério da Saúde manteve o calendário de vacinação contra a gripe no Rio. Na semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde da capital solicitou o adiamento devido à epidemia de dengue. Os efeitos colaterais da vacina podem ser confundidos com sintomas da doença, alegam os especialistas. Eles também temem a sobrecarga nos postos de saúde.   A proposta, aprovada pelos conselhos municipal e distrital de saúde, foi rejeitada na segunda-feira, 21, em reunião no Ministério da Saúde, que não se pronunciou sobre as razões para a decisão.   A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe acontece de 26 de abril a 9 de maio em todos os Estados. Segundo o Ministério da Saúde, a expectativa este ano é que os 65,6 mil postos atendam cerca de 14,5 milhões idosos, o equivalente a 80% da população com mais de 60 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
epidemiadengueRio de Janeirogripe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.