Meta ajustada de superávit primário é de R$114,7 bi, ou 2% do PIB, em 2015, segundo LDO

O governo fixou em 114,7 bilhões de reais a meta de superávit primário ajustada do setor público consolidado para 2015, equivalente a 2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), informaram os ministérios da Fazenda e do Planejamento nesta terça-feira.

Reuters

15 Abril 2014 | 11h18

O alvo fiscal faz parte do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2015 e que contém ainda a previsão de que a economia crescerá 3 por cento no próximo ano.

A meta cheia de primário para o próximo ano ficou em 143,3 bilhões de reais, ou 2,5 por cento do PIB.

(Por Luciana Otoni)

Mais conteúdo sobre:
MACROLDO2015*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.