Metalúrgicos travam o trânsito em Pindamonhangaba

Em Pindamonhangaba, terra natal do governador Geraldo Alckmin, no Vale do Paraíba, os protestos começaram as 5h30. Mais de mil trabalhadores participaram da manifestação que durou uma hora de meia e aconteceu na rotatória que dá acesso a região industrial da cidade. Houve atraso na entrada dos trabalhadores em várias fábricas.

GERSON MONTEIRO, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 17h29

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, uma nova manifestação está programada para o fim da tarde desta quinta-feira na praça central. O pedido principal da pauta de reivindicações é a redução da jornada de trabalho para 40h.

A cidade abriga aproximadamente 50 indústrias. Os sindicatos dos Bancários, Condutores e Químicos engrossam as manifestações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.