Metrô e CPTM obtêm do Bird empréstimo de US$ 550 mi

O Banco Mundial (Bird) aprovou o financiamento US$ 550 milhões para o Metrô e para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos(CPTM) executarem o projeto de aquisição de trens e modernização do sistema de sinalização. Segundo as companhias, que anunciaram hoje a obtenção do empréstimo, o dinheiro faz parte de um pacote que inclui outros dois investimentos no País, aprovados na última semana.O Metrô pretende comprar 10 trens para a Linha 3 - Vermelha e 7 para a Linha 1 - Azul. Atualmente, estão em andamento as obras de expansão da Linha 2 - Verde até o bairro Vila Prudente, na zona leste de São Paulo, e as da Linha 4 - Amarela, que ligará a Luz a Vila Sônia. Na Linha 5 - Lilás, estão sendo preparadas as desapropriações para a construção das estações Adolfo Pinheiro e Campo Belo. Com isso, em 2010, a rede deverá contar com mais 20 quilômetros.A CPTM fará a aquisição de 40 composições e promoverá a modernização do sistema de sinalização de vias, reduzindo os intervalos programados e elevando para 160 km o trecho de rede com qualidade de Metrô. Com todos os investimentos e a conclusão dos projetos até 2010, as companhias prevêem o aumento de 55% do uso do sistema sobre trilhos no transporte público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.