Metrô e CPTM reforçam segurança para final do Paulistão

O Metrô de São Paulo e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vão montar um esquema especial de segurança neste domingo (dia 04), por conta do jogo entre Palmeiras e Ponte Preta, pela final do Campeonato Paulista deste ano.A operação das duas empresas contará com um número maior de agentes de segurança, além de ações preventivas de revista e monitoramento das estações e do auxílio de policiais militares.O esquema do metrô prevê reforço de agentes nas estações de interligação de linhas, como Sé e Paraíso, e de transferência com os trens da CPTM, nas estações Barra Funda, Luz e Brás, além de trens extras em pontos estratégicos das linhas para atender a eventuais concentrações de demanda de passageiros após o jogo.Para evitar confrontos de torcidas e atos de vandalismo no sistema, o Metrô, em conjunto com a polícia, está monitorando sites de relacionamento de torcedores. A companhia também irá fazer escolta das torcidas a fim de evitar encontros entre elas nas dependências das estações do metrô.A CPTM também contará com reforço de agentes nas estações onde o fluxo é maior, como as unidades próximas ao estádio Palestra Itália, na zona oeste da capital. A ação preventiva de abordagem e revista pessoal será feita em casos de suspeitas, a fim de se averiguar o porte de materiais que possam ser utilizados como armas.Haverá também a escolta a torcedores que viajarem em grupos, visando evitar conflitos no caso de encontro entre torcidas de times adversários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.