Meu pai vai chorar até o final da manhã, diz Ronald

Ronald, filho do jogador Ronaldo, terminou o desfile da Gaviões da Fiel que homenageou seu pai visivelmente emocionado. Ronaldo também não escondeu a emoção no Sambódromo do Anhembi no segundo dia de carnaval paulistano e chorou em cima do carro alegórico. "Acho que meu pai vai chorar até o final da manhã. Nunca o vi tão feliz assim", disse.

BEATRIZ BULLA, Agência Estado

02 Março 2014 | 01h33

Ao final do desfile, uma multidão ovacionava Ronaldo embaixo do carro alegórico, com gritos carinhosos como "gorducho" e "fenômeno". O jogador precisou ser levado pela empilhadeira do carro alegórico até a área da Rede Globo de televisão, onde se encontra no estúdio móvel para conceder entrevista. No trânsito em cima da empilhadeira, Ronaldo tentava driblar a emoção e a adrenalina para acenar para o público, que o seguiu até as grades da área da TV Globo.

Ronald chegou ao estúdio da emissora com o coração acelerado. "Animal, adrenalina pura. O público foi demais com a gente", completou o filho do craque, que está prestes a completar 14 anos e dá risada quando dizem que se parece com o pai.

Mais conteúdo sobre:
carnaval 2014Ronald

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.