Microsoft acerta parceria com Lenovo e Tencent para suporte ao XP na China

A Microsoft entrou em uma parceria com a Lenovo e a Tencent Holdings para oferecer serviços de segurança de software para usuários do Windows XP na China, depois que a companhia de tecnologia norte-americana parou de atualizar o sistema operacional.

Reuters

09 Abril 2014 | 11h16

A Microsoft quer que usuários passem a usar versões mais recentes e seguras do Windows, e assim encerrou nesta semana o suporte ao sistema XP, que completou 13 anos de existência, deixando usuários potencialmente vulneráveis a vírus e ataques.

O XP tem cerca de 200 milhões de usuários na China, ou 70 por cento do mercado, segundo a Zhongguancun Online, citada pela agência de notícias estatal Xinhua. Uma atualização pode ser cara pois computadores que usam o sistema XP podem não ser poderosos o suficiente para as novas versões do Windows.

Para continuar o suporte ao XP, a Microsoft entrou em uma parceria com a Lenovo, a Tencent e várias outras companhias chinesas de computação para oferecer serviços como proteção de informações, reparos pós-vírus e atualizações aos novos Windows 7 ou 8.

"Para usuários domésticos que continuam a usar o Windows XP antes de atualizar para um novo sistema operacional, transformamos em uma prioridade o oferecimento de proteções de segurança", disse a Microsoft em um e-mail à Reuters.

A Tencent, em um comunicado à Reuters, disse que fornecerá suporte permanente ao XP gratuitamente, e que montou duas linhas de atendimento 24 horas. A Lenovo não quis comentar.

(Por Matthew Miller)

Mais conteúdo sobre:
TECHCHINAWINDOWSXPPARCERIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.