Microsoft considera CEO da Ericsson para cargo principal--reportagem

A Microsoft está considerando o presidente-executivo da Ericsson, Hans Vestberg, como um possível sucessor para o presidente-executivo Steve Ballmer, segundo reportagem da Bloomberg, citando fontes a par dos planos da busca da gigante de software.

Reuters

16 de janeiro de 2014 | 10h44

O dinâmico sueco de 48 anos atende os requisitos como um fanático por tecnologia e familiarizado com a mídia, mas seu surgimento como o candidato mais forte à empresa dos Estados Unidos ainda virá como uma surpresa para muitos em Wall Street.

Tanto a Microsoft e a Ericsson não quiseram comentar a matéria da Bloomberg, embora, segundo uma fonte próxima à empresa norte-americana, uma nomeação para o cargo de presidente-executivo só deve sair, a partir da última semana de janeiro, que é o mais cedo possível.

Além disso, a Microsoft pode preferir um candidato com mais experiência em produtos para consumidores conforme a empresa tenta combater as líderes do mercado de smartphones e tablets, a Apple e a Samsung, após ter adquirido o negócio de telefones móveis da Nokia.

"Eu não acho que é muito provável que eles escolham Vestberg," disse Bengt Nordstrom, chefe da consultoria sueca em telecomunicações Northstream.

"É mais lógico que eles vão encontrar um líder norte-americano, de sua rede de proprietários, membros do Conselho e presidentes-executivos experientes com um histórico em software, empresas e mídia. Há (pessoas) o bastante com talento e experiência no mercado dos Estados Unidos".

(Por Edwin Chan, Sven Nordenstamby, Olof Swahnberg e Simon Johnson)

Mais conteúdo sobre:
TECHMICROSOFTCEOERICSSON*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.