Microsoft e Novell farão ponte entre Windows e Linux

No equivalente tecnológico a ter cães e gatos andando de mãos dadas, a Microsoft e a Novell anunciaram nesta quinta em São Francisco um acordo que permitirá aos sistemas operacionais Windows e Linux atuarem conjunto.O acordo entre a Microsoft e a Novell, que é dona da distribuição SuSE Linux, uma das principais em operação no mundo, teve direito a declarações do CEO da Microsoft, Steve Ballmer, que afirmou que já era tempo de construir uma ponte entre os mundos do software comercial e as plataformas de código aberto."Isto representa um novo modelo e uma evolução em nossas relações que os clientes considerarão interessante", disse Ballmer, em um evento que também contou com a presença de Ronald Hovsepian, principal executivo da Novell.Em virtude deste acordo, a Microsoft oferecerá a seus clientes a oportunidade de conseguirem uma licença para Windows como parte de um pacote que também inclui a manutenção e apoio para a plataforma SuSE Linux da Novell.ConciliaçãoJuntas, as duas companhias também planejam melhorar a interação entre o pacote Office e o OpenOffice, pacote gratuito de automação de escritórios, também baseado na filosofia de código aberto e construído a partir do StarOffice, da Sun Microsystems.Além disso, a Microsoft se compromete a não manter seus direitos de patente com as tecnologias que vierem a se unir ao SuSE Linux, acalmando assim os ânimos dos usuários que evitavam usar o Linux por temer que a Microsoft lhes acusasse de infringir seus direitos de propriedade intelectual. A decisão da Microsoft de se unir à Novell reflete o cada vez mais importante papel dos softwares de código aberto e é uma tentativa de estancar a fuga de usuários corporativos que migram seus sistemas para as plataformas Linux em busca de redução nos custos operacionais com tecnologia da informação.(Com EFE)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.