Microsoft prefere comprar Yahoo sozinha, diz fonte

A Microsoft quer mantersua proposta original pelo Yahoo, mas não descarta opções,incluindo a entrada da News Corp em sua oferta, disse nestasexta-feira uma fonte próxima à empresa. A fonte afirmou que a preferência da empresa tem sido demanter a estrutura original do negócio, que envolveria opagamento de 31 dólares por ação em dinheiro e papéis pelacompra do Yahoo. Mas a Microsoft não exclui a possibilidade dese juntar a parceiros, de acordo com a fonte. Mais cedo, o Wall Street Journal, de propriedade da NewsCorp, informou que pessoas próximas à Microsoft disseram que afabricante de software planeja fazer sozinha a oferta peloYahoo, e não fazê-lo junto da News Corp, que teve negociaçõescom a Microsoft a respeito de uma proposta conjunta pelo Yahoo. O jornal também afirmou que a diretoria do Yahoo se reuniuna sexta-feira para avaliar suas opções, incluindo oaprofundamento das negociações com a AOL, da Time Warner, sobreum negócio para fundir Yahoo e AOL, mas nenhuma decisão foitomada até agora. Representantes de Microsoft, News Corp e Yahoo não estavamimediatamente disponíveis para fazer comentários. (Reportagem de Daisuke Wakabayashi com reportagem adicionalde Eric Auchard em San Francisco e Kenneth Li em Nova York)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.