Milhares de manifestantes protestam contra violência policial nos EUA

Milhares de manifestantes em protesto contra a violência policial marcharam pela St. Louis --condado situado no Estado norte-americano de Missouri--, neste sábado, durante um fim de semana de manifestações organizadas após um adolescente negro e desarmado ter sido baleado e morto por um oficial branco em um subúrbio.

REUTERS

11 de outubro de 2014 | 16h57

Depois de uma marcha pelo centro da cidade, os manifestantes se reuniram para um comício na Keiner Plaza. Dentre os organizadores estava o Hands Up Unite, um grupo ativista que surgiu após o adolescente negro Michael Brown ter sido baleado, em 9 de agosto, na cidade de Ferguson, em Missouri.

Os protestos do fim de semana na região de St. Louis tiveram um início tenso na sexta-feira à noite. Mas começaram mais pacíficos do que manifestações anteriores das comunidades locais desde a morte em Ferguson, muitos dos quais têm caracterizado confrontos com a polícia.

No início deste sábado, a polícia disse que não houve prisões, feridos ou danos nos protestos da noite.

Organizações de direitos civis e grupos de protesto convidaram pessoas de todo o país para participar das marchas de sexta a segunda-feira.

(Por Kenny Bahr)

Mais conteúdo sobre:
MANIFESTACOESEUAVIOLENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.