Militar vítima de sequestro escapa do cativeiro, no Rio

Depois de ficar quase 40 horas em poder de criminosos durante um sequestro-relâmpago, o primeiro-tenente do Exército Ivo Eloi da Silva Soares, de 25 anos, conseguiu fugir do cativeiro, no fim da noite de ontem, em Nova Iguaçu (Baixada Fluminense).

TALITA FIGUEIREDO, Agencia Estado

08 Agosto 2009 | 13h01

O militar foi capturado na manhã de quinta-feira, quando saía de casa, em seu carro. Segundo a polícia, os criminosos o obrigaram a sacar R$ 500 de sua conta corrente. Ontem à noite, Soares,que estava amarrado, conseguiu se livrar das cordas e fugiu do cativeiro. Ele prestou depoimento na 52ª DP (Nova Iguaçu).

Mais conteúdo sobre:
militarsequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.