Minério de ferro sobe por esperanças de reabastecimento na China

Os preços do minério de ferro subiram pelo quarto dia consecutivo, registrando seu nível mais alto em quase duas semanas, com operadores comprando carregamentos por esperanças de que as siderúrgicas chinesas se reabasteçam, mas uma perspectiva instável para a demanda de aço pode, em breve, limitar qualquer interesse de compra.

Reuters

26 de março de 2013 | 17h16

"Muitas siderúrgicas estão indecisas sobre se deveriam comprar a commodity neste estágio, enquanto a demanda futura por aço é incerta", disse um trader de minério de ferro em Xangai.

O minério com 62 por cento de ferro, referência da indústria, avançou 1,10 dólar, para 137,10 dólares, nesta terça-feira, segundo dados do Steel Index.

A alta refletiu em preços maiores para os carregamentos comprados principalmente por operadores que esperam que os chineses retornem brevemente ao mercado para se reabastecerem, disseram traders.

A demanda chinesa por aço, a qual normalmente se acelera a partir de março, quando a atividade de construção civil retorna após o inverno, tem sido lenta desde o final do feriado do Ano Novo Lunar em fevereiro.

O comprometimento da China em esfriar seu setor imobiliário, aplicando rigorosas medidas, as quais incluem um imposto de 20 por cento sobre as vendas de casas já existentes, preocupou muitos sobre o impacto que elas terão no consumo de aço.

(Reportagem de Manolo Serapio Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
MINERIOPRECOCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.