Minério estabiliza perto de US$135; mercado questiona sustentação

O mercado físico do minério de ferro registrou pequena baixa nesta sexta-feira, mas mantém-se em um patamar registrado pela última vez no início de julho, com menor volume de negócios antes do período de feriados e com os participantes do mercado cada vez mais céticos quanto à sustentabilidade da alta recente.

FAYEN WONG, Reuters

21 Dezembro 2012 | 12h11

O preço de referência para o minério com teor de 62 por cento de ferro teve perda de 10 centavos, a 135,40 dólares por tonelada, depois de ter registrado 135,50 dólares por tonelada na quarta e na quinta-feira, um nível visto pela última vez em 10 de julho, de acordo com o Steel Index.

Uma melhora da demanda para o minério de ferro, uma vez que a economia chinesa se recupera com rápido consumo dos estoques nos portos, tem estimulado os traders a buscar cargas, puxando preços do insumo para a siderúrgicas em mais de 17 por cento nas últimas 15 sessões.

"O movimento diminuiu com os participantes começando a sair para o feriado. Alguns compradores chineses começam a esperar porque eles acreditam que os preços subiram demais e muito rápido", disse um trader de Xangai.

Alguns poucos traders estão mantendo níveis significativamente menores que a média de estoques de minério de ferro no momento devido ao aperto no fluxo de caixa e preocupações com a recuperação da demanda por aço.

Uma carga spot de minério de ferro fino com 63,5 por cento de teor de ferro foi negociado a 135 dólares por tonelada na plataforma globalORE nesta sexta-feira, de acordo com traders.

(Reportagem de Fayen Wong)

Mais conteúdo sobre:
ESP COMMODS MINERIO SPOT*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.