Minha Casa, Minha Vida 3 deve ser lançado até maio

A presidente da Caixa, Miriam Belchior, afirmou neste sábado que o programa Minha Casa, Minha Vida 3 deve ser lançado "talvez na virada de abril para maio." Segundo ela, os primeiros contratos deverão ser firmados no segundo semestre deste ano, sendo que a expectativa é de que obras começarão no fim do ano. A nova fase do programa prevê a entrega de 3 milhões de unidades em quatro anos. O Minha Casa, Minha Vida já liberou as chaves de 2,1 milhões de moradias e cerca de 1,6 milhão está em obras.

RICARDO LEOPOLDO, Estadão Conteúdo

28 de março de 2015 | 13h33

Segundo a presidente da Caixa, o governo está avaliando o que foi feito na fase 2 do programa para realizar ajustes. "Uma das coisas mais importantes, especialmente nas regiões metropolitanas, é uma verticalização maior do que quatro andares. A terra é muito cara e é necessário para viabilizar os empreendimentos um número maior de andares", disse. Ela acrescentou que os prédios têm a necessidade de possuírem elevadores.

"Uma outra (questão) é que como são famílias de baixa renda é reservar a área do térreo para empreendimentos comerciais que permitam gerar renda para essas famílias pagarem condomínio", destacou Miriam. A presidente da Caixa também afirmou que outro ponto relevante da fase 3 é contemplar famílias com renda mensal entre R$ 1 mil e R$ 1,6 mil com um subsídio expressivo do governo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.