'Minha Casa, Minha Vida' atinge 1 milhão de contratos

O programa habitacional do governo federal "Minha Casa, Minha Vida" atingiu 1 milhão e 3 mil moradias contratadas, informou nesta quarta-feira a presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho.

REUTERS

29 Dezembro 2010 | 18h41

A meta do governo era alcançar 1 milhão de habitações contratadas até o fim de 2010.

Em evento em Salvador com presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Maria Fernanda disse que apenas nesta quarta-feira há a inauguração de obras ou entrega de chaves de imóveis enquadrados no programa "Minha Casa, Minha Vida" em 18 Estados do país, envolvendo cerca de 17 mil unidades.

O "Minha Casa, Minha Vida" foi lançado pelo governo federal em março de 2009, com subsídios de 34 bilhões de reais por parte da União.

Em março deste ano, e ainda distante do cumprimento da meta estabelecida na primeira etapa, o governo lançou a segunda fase do programa, com alvo de ter 2 milhões de imóveis até 2014, sendo três quintos para famílias com renda mensal de até três salários mínimos.

Até meados de novembro, segundo dados disponíveis no site do Ministério das Cidades, perto de 800 mil moradias haviam sido contratadas no âmbito do primeiro "Minha Casa, Minha Vida". Havia ceticismo entre agentes do setor de que o governo seria capaz de cumprir a meta de 1 milhão de contratos assinados ainda em 2010.

Segundo Maria Fernanda, há contratos sendo firmados para mais de 40 mil unidades em todos os 27 Estados apenas nesta quarta-feira, totalizando valor superior a 2 bilhões de reais.

(Texto de Cesar Bianconi)

Mais conteúdo sobre:
CONSTRUCAOMINHACASAMETA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.