Ministério da Saúde prorroga vacinação

O Ministério da Saúde prorrogou para até o dia 1.º de junho a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. O governo pretendia encerrar a imunização amanhã, mas, como a meta não foi atingida, o prazo foi adiado.

O Estado de S.Paulo

25 Maio 2012 | 03h07

A meta do ministério é vacinar 24,1 milhões de pessoas com mais de 60 anos, crianças entre 6 meses e menores de 2 anos, gestantes, trabalhadores de saúde e indígenas, mas, até a manhã de ontem, segundo o ministério, apenas 15,8 milhões haviam estado nos postos de saúde, o que representa que a campanha atingiu 52,4% do público-alvo.

Segundo o ministério, por enquanto as crianças foram as que mais aderiram à campanha: 59,4% foram vacinadas, o que representa quase 2,6 milhões. Os públicos que menos aderiram à vacinação foram as gestantes (47,5%) e os índios (40,4%).

A dose é oferecida de graça em 34 mil postos de saúde e protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2011 - entre eles o H1N1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.