Mitsubishi faz recall para reparo no fecho do capô da L200

A Mitsubishi está convocando os proprietários de 6.780 picapes L200 Sport fabricados em 2003 e 2004 (números de chassis 93XHNK7404C300001 a 93XPRK7404C406780), a levarem seus veículos a uma concessionária ou oficina autorizada, para uma correção de uma "não-conformidade" do fecho do capô dianteiro. Segundo a empresa, o defeito pode ocasionar a abertura involuntária do capô quando o veículo estiver em movimento, acarretando, em situações extremas, "a perda da dirigibilidade do veículo".A Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, divulgou nota nesta sexta-feira sobre o recall. Segundo o Procon-SP, os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Poder Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos.A Fundação Procon-SP informa que vem "acompanhando atentamente" as convocações desse tipo como procedimento incorporado à sua dinâmica de trabalho e que a Mitsubishi deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos que o usuário do veículo corre. "O Procon-SP lembra que, enquanto existirem veículos com o problema apontado, o fornecedor é responsável e obrigado a efetuar os reparos de forma gratuita, no prazo que for mais conveniente ao consumidor. Isto porque o consumidor pode, em alguns casos, não ter tido acesso à convocação, o que não o exclui de ter o seu direito à segurança garantido", diz a nota do órgão.Outra questão importante, levantada pelo Procon-SP e que deve ser observada pelos consumidores, refere-se à exigência do comprovante de que o serviço foi efetuado documento que, para segurança do proprietário, deverá ser conservado enquanto este estiver de posse do veículo, ou até mesmo no caso de venda do mesmo. Caso tenha sido comercializado mais de uma vez, o atual proprietário tem o mesmo direito ao reparo gratuito que aquele que adquiriu o produto novo. A Mitsubishi Motors colocou à disposição para mais informações o telefone 0800 702 0404 e o endereço de e-mail sac@mmcb.com.br. Caso o consumidor encontre dificuldade em efetuar os devidos reparos (falta de peças, demora na conclusão dos serviços, entre outros motivos) poderá procurar ajuda ou efetuar reclamação junto à Fundação Procon-SP, que atende nos postos do Poupatempo (Sé - Praça do Carmo, s/n; Santo Amaro - Rua Amador Bueno, 176/258; ou Itaquera - ao lado do Metrô Itaquera).As reclamações e informações podem ser feitas também por carta (Caixa Postal 3050 - CEP 01061-970 - SP-SP), por fax (11 - 3824-0717) ou pelo telefone 1512 (somente informações). Ou ainda para obter informações sobre reclamações contra fornecedores (tel.: 0xx11. 3824-0446).

Agencia Estado,

02 de julho de 2004 | 13h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.