Mladic é hospitalizado e tribunal adia julgamento em Haia

O ex-general servo-bósnio Ratko Mladic deverá ficar no hospital para um segundo dia de exames após se sentir mal durante seu julgamento por crimes de guerra nesta quinta-feira, disse seu advogado.

THOMAS ESCRITT, Reuters

12 de julho de 2012 | 15h24

Mladic, de 70 anos, é acusado de genocídio pelo cerco da capital bósnia Sarajevo e o assassinato de 8.000 homens e meninos muçulmanos em Srebrenica, em 1995, no pior massacre da Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

Ele foi levado às pressas ao hospital na manhã desta quinta-feira depois que se sentiu mal no tribunal. Ele pediu ao juiz por uma pausa e depois deitou a cabeça entre as mãos no início do quarto dia de seu julgamento por crimes de guerra no Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia, com sede em Haia.

Já com a saúde debilitada quando foi preso na Sérvia no ano passado após 16 anos foragido, Mladic diversas vezes disse que estava muito doente para ir a julgamento. Ele reclama que sofre os efeitos de um derrame, tem problemas nos dentes e foi internado no hospital com pneumonia.

Os promotores e parentes das vítimas temem que ele possa morrer sem ter que enfrentar a justiça, como aconteceu com o ex-líder iugoslavo Slobodan Milosevic, que morreu em uma cela da prisão holandesa em 2006, enquanto era julgado pelo Tribunal Penal Internacional.

A porta-voz do tribunal Nerma Jelacic disse à Reuters que "ele (Mladic) reclamou que estava se sentindo mal durante a audiência, por isso a audiência foi suspensa".

Branko Lukic, advogado de Mladic, afirmou à Reuters que o julgamento provavelmente não continuaria na sexta-feira.

"Ele realmente parecia mal", disse Lukic à Reuters. "Foi uma grande surpresa para todos nós porque ele parecia estar em boa forma."

Lukic contou mais tarde que a condição de Mladic tinha melhorado, mas ele ficaria no hospital para mais exames na sexta-feira.

"Ele está melhor do que estava nesta manhã, quando ele não conseguia reconhecer as pessoas ao seu redor ou mover seu braço direito e perna", disse Lukic.

Tudo o que sabemos sobre:
HOLANDATPIMLADIC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.