Mladic vai a julgamento por atrocidades na Bósnia

O ex-chefe militar dos sérvios na Bósnia Ratko Mladic se apresentará ao tribunal a partir de quarta-feira no julgamento que determinará se ele foi responsável por algumas das piores atrocidades na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

REUTERS

15 Maio 2012 | 16h08

Mladic, de 70 anos, liderava o Exército servo-bósnio quando, durante duas noites em julho de 1995, seus combatentes mataram 8.000 homens e meninos muçulmanos na cidade de Srebrenica e seus arredores, no leste da Bósnia, enterrando a maioria em valas comuns.

Foi a pior matança em massa na Europa desde o Holocausto.

Promotores no Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia acusam Mladic de genocídio, assassinato, atos de terror e outros crimes contra a humanidade durante a guerra da Bósnia, que durou de 1992 a 1995.

(Reportagem de Thomas Escritt)

Mais conteúdo sobre:
HOLANDA MLADIC JULGAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.