Moagem de cana do CS do Brasil crescerá 9% em 2012/13

A moagem de cana-de-açúcar do centro-sul do Brasil na safra 2012/13 deverá crescer 9 por cento na comparação com a temporada passada, para 540 milhões de toneladas, previu a Agroconsult em sua primeira projeção para o novo ciclo.

ROBERTO SAMORA, REUTERS

07 Março 2012 | 13h03

A moagem aumentará com um crescimento da área plantada de 3,5 por cento, para 7,46 milhões de hectares.

Além disso, a produção cresce com uma recuperação de 5,4 por cento na produtividade agrícola, para 72,3 toneladas por hectare, após uma fraca colheita na temporada passada, quando o clima afetou os resultados do setor.

Em 11/12, a indústria do maior produtor e exportador de açúcar do mundo sofreu também com o baixo rendimento agrícola devido ao envelhecimento dos canaviais, após investimentos insuficientes nas lavouras decorrentes dos efeitos da crise financeira iniciada em 2008.

Com o crescimento da moagem, a produção de açúcar do centro-sul - principal região produtora de cana, respondendo por cerca de 90 por cento da colheita nacional - foi prevista em 33 milhões de toneladas, ante 31,3 milhões de toneladas em 11/12.

Já a produção de etanol da região foi projetada em 23,8 bilhões de litros, ante 20,6 bilhões litros em 11/12, aumento de mais de 15 por cento.

RECUPERAÇÃO

Na temporada passada, por conta de adversidades climáticas, como seca e até geadas em algumas áreas, o Brasil verificou a primeira queda na moagem em uma década.

Assim, o crescimento em 12/13 é visto pela indústria apenas como uma recuperação após um ciclo ruim. Pelo número da Agroconsult, a moagem na próxima temporada ainda ficará inferior à registrada em 2010/11, quando o centro-sul processou 556,9 milhões de toneladas.

A Unica (União da Indústria de Cana-de-açúcar) havia feito avaliação semelhante na semana passada, em entrevista à Reuters.

A Agroconsult também concorda com a entidade que reúne as empresas do centro-sul sobre a perspectiva de um início tardio da moagem na temporada 2012/13, em relação à safra passada. Mas vê um atraso maior do que a Unica, que acredita em cerca de dez dias de postergação ante 11/12.

Segundo a consultoria, a moagem do centro-sul começará em 16 de abril, contra 1o de março do início da temporada 11/12.

Esse atraso, se preocupa o mercado em termos de oferta, poderá ser positivo para a produção de cana.

"Devido ao melhor desenvolvimento vegetativo e a um início de safra mais tardio, o ATR (Açúcar Total Recuperável) de 2012/13 deverá ser 2,3 por cento maior", disse a Agroconsult em relatório.

A consultoria notou ainda que as vendas de fertilizantes para cana-de-açúcar cresceram em torno de 30 por cento em 2011, refletindo uma maior taxa de renovação dos canaviais e indicando uma recuperação da produtividade das soqueiras.

Mais conteúdo sobre:
COMMODS CANA BRASIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.