Moema terá primeira ciclofaixa permanente de São Paulo

São Paulo vai ganhar sábado (2) sua primeira ciclofaixa permanente. Cerca de 1 metro de largura será reservado para o tráfego de bicicletas nas laterais de quatro ruas em Moema, bairro nobre da zona sul paulistana. No total, serão 3,3 km de ciclofaixa que passarão pelas Avenidas Rouxinol, Aratãs e Pavão e pela Rua Araguari.

AE, Agência Estado

04 de novembro de 2011 | 07h14

O espaço funcionará de maneira diferente do que acontece hoje na Ciclofaixa de Lazer - circuito de 45 km que liga diversos parques das zonas sul e oeste da capital e que só funciona aos domingos. A ciclofaixa de Moema será orientada para o transporte, e funcionará 24 horas, durante toda a semana. Não haverá cones para separar carros e bicicletas - isso será feito apenas pela pintura de solo e sonorizadores instalados nos bordos. As bicicletas terão de obedecer o mesmo sentido dos veículos.

A proposta, porém, é polêmica. Quando o plano foi divulgado pela primeira vez, há cerca de um ano, alguns moradores e comerciantes se revoltaram contra o projeto. Eles pediam de volta cerca de 2,5 mil vagas de estacionamento que foram retiradas do bairro, alegando que o comércio da região estava sendo afetado. A Prefeitura, porém, diz que vai instalar a ciclofaixa baseando-se "em experiências bem-sucedidas de outros países". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclofaixaMoemaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.