Monitoramento da saúde continua

Diante de polêmica, o presidente da CTNBio, Walter Colli, retirou ontem da pauta de votação sua proposta de acabar com o monitoramento de eventuais efeitos nocivos de transgênicos à saúde animal e vegetal.

, O Estadao de S.Paulo

11 Dezembro 2009 | 00h00

"Sabia que não teria aprovação. Mas queria chamar atenção para a discussão. Coloquei o bode na sala", justificou. A resolução 5, aprovada em março de 2008, determina o monitoramento periódico dos efeitos de transgênicos liberados comercialmente. Pela proposta de Colli, permaneceria apenas a necessidade do acompanhamento ambiental.L.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.