Monomotor explode em queda e deixa 2 feridos em MS

Piloto e co-piloto não correm risco de morte; avião havia reabastecido e caiu logo após levantar vôo

João Naves de Oliveira, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2008 | 15h38

Um avião monomotor prefixo PYU-PI explodiu ao cair nesta quinta-feira, 8, às 11h20, no município de Inocência, a 324 quilômetros de Campo Grande, região nordeste de Mato Grosso do Sul.  Os irmãos Valdo do Amaral Ferreira e Marcelo do Amaral Ferreira, piloto e co-piloto respectivamente, ficaram feridos no acidente e estão internados no único hospital da cidade, com ferimentos generalizados e não correm riscos de morte. Segundo informações da Delegacia de Polícia Civil de Inocência, a aeronave decolou pela manhã de Ribeirão Preto, em São Paulo, com destino a uma fazenda daquela cidade, propriedade do tio das vítimas. A dois quilômetros da propriedade rural, realizaram um pouso na Fazenda Santa Maria, para abastecer a aeronave e minutos depois da decolagem, o avião perdeu altura e caiu. Os dois ocupantes tiveram tempo de sair do aparelho, que no máximo três minutos depois da queda, explodiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Campo Grandemonomotor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.