Monomotor que caiu em BH ia para Juiz de Fora

O avião monomotor que caiu em Belo Horizonte (MG), deixando mortos os quatro ocupantes, é de propriedade da Viação Transmoreira e se dirigia para a cidade mineira de Juiz de Fora, segundo informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).A empresa trabalha com ônibus rodoviários para serviço de fretamento e opera uma linha urbana intermunicipal. Conforme a Anac, o nome do piloto que consta do plano de vôo é Paulo Sérgio Pagani Vieira Machado. Até por volta das 13 horas, as outras três pessoas a bordo da aeronave ainda não tinham sido identificadas. De acordo com a Anac, estavam em dia tanto a habilitação do piloto quanto o certificado de inspeção anual do monomotor. O avião tinha saído de Pará de Minas (MG), pousado às 8h44 no Aeroporto de Pampulha, quando caiu, às 8h51, dentro do Parque das Mangabeiras, localizado na região central de Belo Horizonte (MG). O monomotor é um Corisco II, da Embraer, com prefixo PTYHK.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.