Monumento no Rio é pichado com palavras racistas

O Monumento a Zumbi dos Palmares, na Praça Onze, centro do Rio de Janeiro, amanheceu hoje pichado com palavras de cunho racista. Segundo a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos da cidade, a escultura da cabeça de Zumbi recebeu pichações na cor branca e a pirâmide da base foi marcada com inscrições ofensivas à raça negra.

AE, Agência Estado

05 Junho 2011 | 15h09

O monumento, uma homenagem a Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, foco de resistência à escravidão negra pelos homens brancos no século 17 em Alagoas, havia passado recentemente por obras de restauro e de limpeza. A secretaria informou que a escultura já havia sido pichada antes, mas não com termos racistas.

De acordo com a secretaria, a limpeza das pichações já está sendo realizada e o trabalho deve terminar ainda hoje. O secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osorio, solicitou à Secretaria Estadual de Segurança prioridade nas investigações que possam levar à prisão dos pichadores.

O marco de Zumbi não possui guardas. A intenção da secretaria é de que, no futuro, seja instalada uma câmera da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio (CET-Rio) no monumento, para melhor vigilância.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.