Moody's rebaixa rating em moeda local da BM&FBovespa para 'Baa1'

A agência de classificação de risco Moody's rebaixou o rating da dívida de longo prazo em moeda local da BM&FBovespa, operadora da bolsa paulista, para "Baa1", ante "A3", nesta sexta-feira, devido à sua exposição aos títulos do governo brasileiro.

Reuters

11 Abril 2014 | 15h39

A Moody's, contudo, reafirmou o rating da BM&FBovespa em moeda estrangeira em "Baa1".

A perspectiva para ambos os ratings é estável.

A agência de risco disse que o rebaixamento faz parte de uma revisão geral dos emissores que têm classificação acima dos ratings dos governos dos países onde estão sediados.

A agência ressaltou que 70 por cento das garantias colaterais que a BM&FBovespa detém são em títulos do governo brasileiro. Mas apesar do rebaixamento, a nota da BM&FBovespa ainda está acima da classificação do governo brasileiro, que é "Baa2".

"A diferença de um grau da classificação (entre BM&FBovespa e governo brasileiro) reflete os mecanismos bem definidos da empresa que ajudam a mitigar a exposição ao risco do governo e permitir que a BM&FBovespa responda à volatilidade das garantias.

Mais conteúdo sobre:
FINANCASBMFBOVESPAMOODYS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.