Morre cadete que passou mal após exercícios no Rio

Morreu hoje o cadete Renan Mendonça Borges Gama, que passou mal no dia 24 de setembro após realizar exercícios de campo pelo Comando da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), no Rio de Janeiro. Na tarde desta quarta-feira, 5, Gama teve morte cerebral confirmada pela Aman.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

06 de outubro de 2011 | 17h30

O cadete, que cursava o 3º ano do Curso de Artilharia, passou mal após retornar de um exercício no terreno. Ele estava internado no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Samer, em Resende. Exames constataram comprometimento dos sistemas hepático e renal, além de focos infecciosos pulmonares.

Na época da internação, os médicos trabalham com três hipóteses: leptospirose, febre maculosa ou rabdomiólise. Todas apresentam sintomas iniciais parecidos, como febre, náuseas, vômitos, dores musculares e dores de cabeça. A Aman afirmou prestar todo o apoio necessário aos familiares do cadete. Foi instaurado inquérito policial para apurar o caso.

Mais conteúdo sobre:
cadetemorteRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.