Morre Cidón, mestre do queijo

O único chef com uma estrela Michelin da cidade de Leon, Espanha, o criativo cozinheiro Carlos Cidón, do restaurante Vivaldi, morreu ontem, aos 50 anos. Cidón era grande defensor dos queijos regionais e de sua utilização na cozinha. O Vivaldi tinha um menu degustação só com o produto. As pesquisas de Cidón foram tema no Madrid Fusión 08 e viraram livro.

14 Maio 2009 | 11h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.