Morre idosa engolida por buraco em SP

A idosa que ficou ferida após o chão da cozinha de sua casa ceder, na zona leste de São Paulo, morreu na tarde de hoje. Segundo o Hospital Santa Marcelina, onde ela estava internada desde domingo, a morte foi consequência de falência múltipla de órgãos. A mulher chegou em estado grave e foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ontem.

PRISCILA TRINDADE, Agencia Estado

25 de novembro de 2009 | 20h56

A vítima e seu marido, Cândido Alves de Souza, de 65 anos, estavam na cozinha da casa no momento do acidente. O chão cedeu e os dois caíram no poço, que estava cheio com água contaminada. O buraco engoliu a geladeira e o fogão. Souza foi teve apenas ferimentos leves. A Subprefeitura de Vila Prudente informou que a casa foi construída em cima de um poço, há aproximadamente 30 anos, sem nenhuma estrutura.

Tudo o que sabemos sobre:
acidenteburacochãoidosamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.